REFLEXOES

Controles - Memorização, Inglês Rápido, Leitura Dinâmica

                                                                                                                                              

 

O que é ilusão
Se não obras de um caminho incerto?
Um caminho não visto pelo destino
Um caminho de enganos...
O que é ilusão
Se não uma crença falsa
Em um sonho impossível.
Ilusões são degraus;
Degraus que fazem
De nossas pernas reféns...
Degraus que o destino
É subir até os limites
E alcançar o amor.
Temos que provar ilusões
Para descobrir o verdadeiro amor.
A ilusão não descoberta
É um amor temporário
Um amor que não tem o valor
De um sentimento verdadeiro.
Ilusões machucam o coração
Mas o remédio para curar essas feridas,
São as descobertas de um verdadeiro amor.
Estamos no mundo dentro de um barco
Chamado esperança
Que navega em um mar de ilusões
Onde seu destino é um dia encontrar
O amor em sua forma de felicidade.

 

O tumulto dos sentidos
Transforma em confronto
Os sentimentos da alma,
Manifesta as emoções
E despede-se das estações.
São miragens
Segredos incompletos
Que transparecem a face do coração,
Que conduzem os passos para o destino.
São sonhos impossíveis
Que se realizam no entardecer,
São razões perdidas
Que desaparecem ao adormecer.
Fechar os olhos
E imaginar o lugar perfeito.
As horas passam
E momentos se tornam inesquecíveis.
Furacões de emoções
Faz refém meu próprio existir,
Faz delírios de meus sonhos
E enlouquece meus pensamentos.
Lúcido mundo
Inconseqüente coração,
Segue seus passos incertos
No destino de um dia ser feliz.
Segue o perfume da ilusão
Mas se rende a
Verdadeira face da
Realidade.

Programa de Afiliados Abam

Talvez Se encontre sentado em uma nuvem
Olhando aqui para baixo...
Talvez Esteja aqui do meu lado,
Ou talvez Esteja do outro lado do mundo...
Não sei se me ouve,
Pois há muitos gritando...
Quando aqui trancada sozinha,
Chamo-Te bem baixinho...
Não sei se me notas,
Pois sei que muitos estão a clamar o Seu Nome.
Não sei se me entende,
Pois muitos Lhe pedem a compreensão.
Sei que o que peço és nada
Porém para mim,
É parte da minha alegria.
Sei que muitos estão a chorar,
Com problemas que fazem do meu uma simples fantasia...
Ajude meus irmãos,
E se tempo restar:
Abençoe minha alegria
Tirando a sombra de meu olhar...

 

Eu posso chorar,
Mas quem irá notar
Que minhas lágrimas são de dor?
Eu posso gritar,
Mas quem saberá
Que meus gritos são pedidos de socorro?
Eu posso correr,
Mas quem irá acreditar
Que estou correndo atrás do tempo perdido?
Eu posso rezar,
Mas quem confiará que em preces
Pode um destino mudar?
Eu posso me esconder,
Mas não irão me encontrar.
Eu posso dormir,
Mas ninguém irá me acordar.
Eu posso dançar, cantar!
Mas quem irá me aplaudir?
Eu posso me deprimir,
Mas quem irá me salvar da solidão?
Eu posso pular no abismo,
Mas quem criará asas para me salvar?
Eu posso fechar os olhos,
E ver uma luz...
A luz que cobre a mais inocente criatura...
Um Anjo!!!

 

A cada novo dia
As descobertas crescem,
Descobertas de erros.
Um tempo perdido
Que não foi aproveitado.
O tempo levou com sua força
Os anos de inocência
E deixou descobertas de um novo mundo;
Mundo onde a realidade
Não é um conto de fadas...
Amores falsos
Que o tempo deixou claro.
Sombras de preocupação;
Preocupação com a vida.
Um independência a ser conquistada
Um destino a ser traçado
Sonhos a serem realizados
Um futuro a ser descoberto.

Controles - Memorização, Inglês Rápido, Leitura Dinâmica

Quem é aquele garoto de pé no chão?
Com a fisionomia pálida?
Está frio
E aquele garoto se encolhe,
Procurando um "por quê" com os olhos...
Por que é diferente...
O por que não pode brincar no parque
Sem ser expulso e chamado de menino de rua...
O por que não vai a escola,
Como as outras crianças...
O por que não tem um pai
Para jogar bola no fim de semana.
O por que não tem uma mãe para acordar de madrugada
Para ver se está quentinho em sua cama.
O por que não tem amigos,
Para ficar a tarde inteira no videogame.
Ele chora...
E não tem ninguém para lhe ensinar
o por que o coração doe,
E as lágrimas nascem...
Está sozinho...
Com frio, fome e carência...
Garoto inocente,
Que não quer matar e nem roubar,
Mas sim ganhar amor e carinho.
Garoto que sonha em ser jogador de futebol.
Garoto igual aos outros...
Mas sem lar...
Anjo da Madrugada
Que mora nos becos da vida
Anjo Inocente...
Anjo Criança...
Anjo Carente...
É esse garoto,
O Anjo Das Ruas.

 

Se a vida fosse um sonho
Eu gostaria de jamais acordar.
Se a vida fosse uma canção
Gostaria jamais deixar de ouvi-la.
Se a vida fosse uma flor
Gostaria que sua beleza e perfume não morressem.
Se a vida fosse um desejo
O desejo seria da eternidade...
Mas a vida é um caminho
Sem sonhos,
Sem canções,
Sem flores,
Sem desejos...
A vida é o desafio
De cada um de nós
Viver é sobreviver...
Chegar até velhice
É o mesmo que ganhar uma luta
Onde o troféu é a história que se pode viver.
Nada faz da vida
A certeza de um amanhã.
A vida é aprender que não se pode
Esperar o amanhã,
Pois o amanhã simplesmente é um mistério.
Viver o presente
É ser sábio,
Viver do passado e do amanhã
É acreditar em ilusões concretas.

 

Perguntas
Sem respostas.
Segredos
Mistérios...
São almas que provam
Da dor e da solidão.
Que permanecem tempos
Aprisionadas na escuridão,
Até seus olhos encontrarem
A luz que abençoará seu destino.
São destinos traçados
Que tempo nenhum destrói.
Destinos entrelaçados pelo mundo
Que depois da turbulência nos sentidos
Se encontram lúcidos...
Um destino
Já imposto pela vida
Já entendido pela razão.
Destinos traçados
Que nem a tempestade de ilusões
Pode tocá-los.
As estrelas guardam seus segredos
E a vida junto do tempo os desvendam.
Destinos traçados
Onde a sabedoria
É ser simplesmente Feliz.

 

Se as coisas fossem perfeitas
Não existiria lições de vida
Não haveriam arrependimentos
E nem descobertas...
Se tudo fosse perfeito
Mãos não se uniriam
E sonhos não seriam valorizados.
Se tudo fosse perfeito
Olhares não se completariam
E gestos passavam despercebidos.
Se tudo fosse perfeito
As lágrimas não existiriam
As palavras seriam perfeitas...
Se tudo fosse perfeito
Eu pularia no abismo
Sem medo da morte
Pois asas eu ganharia...
Se tudo fosse perfeito
Eu atravessaria o oceano
Sem medo de ser levada pelas ondas
Sem receios de me perder em suas profundezas.
Se tudo fosse perfeito
Dores não existiriam
E a cura não seria procurada...
Se tudo fosse perfeito
Não haveria a busca pela perfeição...
Nada é por acaso
Pois nem o destino
É Perfeito.

 

Não tenho asas
Mas em pensamentos posso voar.
Não sou dona de mim
Sou refém de meus sonhos
E a eles entrego todas as minhas emoções...
Meus olhos perdem a razão
Ao encontro de sombras;
Sombras inquietas
Que perseguem meus passos.
Essas sombras
Talvez sejam meu guia
O meu esplendor...
Mas no impulso de uma fuga
Eu corro destas sombras
E fecho os meus olhos
Caminhando lentamente
Em busca de minhas respostas...
Meus pensamentos
Já não são os mesmos,
Muitos se foram com as estações
Muitos ficaram
Por persistência de meu coração...
Ando ao lado de sombras
Sinto seus passos me seguirem...
Ou será que meus passos que as seguem?
Acredito em Anjos
Traduzindo-me a cada passo
Um novo suspiro de
Minha Vida.

 

O tempo passa tão depressa,
Que nem tempo de parar para pensar
Em como a vida é curta resta...
Profecias não se cumprem
Promessas não levam em conta e
Planos são desistidos...
A infância parece eterna,
Mas quando se nota já estamos
Brincando com a vida...
A adolescência faz juramento,
Mas passa tão depressa que
Nem tempo de se entender
Este juramento resta...
A vida é curta para se prender a
Uma única estação...
Nós somos do tempo...
E o tempo é apenas o encarregado
De nos transportar rapidamente
Para outro espaço...
Agora estou aqui descrevendo meus
Pensamentos sobre o tempo...
Posso fechar os olhos e já ver anos depois...
É rápido demais...
Talvez se deixar para amanhã poder ser feliz,
Não restará tempo se quer...
Simplesmente tenho esse agora
Que sei que vai passar depressa,
Mas nada me impede de agora ser feliz,
Pois "Hoje"
AINDA HÁ TEMPO!!!

 

 

   Por que agora
Deitado nessa cama
Dentro desse espaço incolor
Ouvindo esses barulhos angustiantes,
Sentindo essas dores que não passam
Você diz meu nome???
Muitas vezes te chamei,
Mas você sempre estava apressado...
Te mostrei as cores
As canções,
E muitas vezes curei suas dores
Mas você sempre estava muito ocupado
Jamais disse "obrigado!"...
Te mostrei a LUZ,
Mas você caminhou em direção a escuridão...
Te mostrei a PAZ,
Mas você desviou o olhar...
Te fiz perguntas,
Mas você permaneceu em silêncio...
Te presenteei com meu amor
Mas você nem sequer valorizou o presente...
Passou por mim,
Mas fingiu não me ver.
Te toquei,
Mas você não sentiu...
Você se anestesiou ao mundo
E sentiu a dança dominar seus passos...
Não procurou a luz,
Se rendeu a escuridão...
Por que agora,
Depois de me desprezar a cada momento de sua vida,
Os quais estive presente
Você me chama???
Apenas pedi seu coração
Mas você não me entregou...
Mas para a dança na escuridão,
Você entregou seu corpo inteiro...
Por que agora diz meu nome?
Por que agora você lembra de mim???
Se nos seus momentos mais felizes,
Você nem sabia meu nome...
Esperei a sua vida inteira para te ouvir
Chamar por mim...
E agora quando seus sentidos
Estão a caminho da escuridão,
Por que agora você pede a luz???
Saiba que mesmo nestes anos todos,
Jamais perdi a esperança,
De ouvir meu nome ser pronunciado por você...
Agora você pede perdão...
Mas se você tivesse lembrado do meu amor antes,
Não teria caminhado em direção a escuridão...
Mas mesmo assim,
Acredito no seu arrependimento
E te perdôo mesmo antes de você pedir perdão...
Por que agora,
Finalmente você me entregou seu coração...
E dessa vez te mostrarei a LUZ
E não temerá a escuridão
Venha sem medo...

Sou JESUS...

                                                                                    

                                                                                    

 

Ás vezes dá calafrios...
Quando imagino o que se pode ser a "morte"
Será que é um final...
Um final de um bela história,
Ou até mesmo de uma triste e dolorosa história...
Não sei...
Será que com a morte,
Os pensamentos e sentimentos deixam de existir?
São perguntas...
Perguntas que só o PAI, tem as respostas.
Os anos passam...
Bebê...
Criança...
Adolescente...
Adulto...
Idoso...
Morte?
Essa é a lei da vida,
Viver todas essas fases.
Mas muitas pessoas quebram essa lei
Não atingem o objetivo de uma vida completa.
São momentos perdidos
Jamais recuperados,
São sonhos
Que jamais se tornarão reais,
São segredos
Jamais desvendados.
Há pessoas que sofrem
Que viver para elas é a morte...
São torturas da vida
Que fazem com que a alma
Chore lágrimas de sangue.
A morte é uma passagem,
Que ninguém escapa de atravessar.
Ela é a única certeza que temos...

 

Ando pelas ruas
Em busca do meu caminho.
Meus olhos se surpreendem
Quando descobre
Duas direções...
Uma o céu está claro
O sol está presente,
O calor é constante...
A outra
Está escuro,
Relâmpagos assustam
E o vento traz o frio...
Duas direções
Em uma única vida.
Um desejo
Dois caminhos.
O caminho em que o céu é perfeito,
O calor do sol é contagiante...
E o caminho da tempestade,
Dos relâmpagos assustadores.
Dois mundos diferentes,
Dois destinos.
A luz e a escuridão
O medo e a paz.
Dois mundos
E uma única escolha;
Escolha sem volta...

Quando mil estrelas
Refletirem em seu olhar,
E um vento frio
Em seu rosto tocar,
Saiba que pode ser a saudade
Que insiste em te procurar...
Haverá reflexões
Arrependimentos...
Depois que provastes
O doce sabor de uma época,
Sentirá saudade
De um tempo que por você passou,
E suas pressas
E urgências não o notou...
Sentirá o gosto do arrependimento,
Mas não haverá mais soluções.
Pois os caminhos se cruzaram,
Depois das quatro estações.
Seus olhos se assustarão,
Quando descobrir que seus passos erraram,
E para uma volta
É impossível...
Pois aquela época se foi
E magias não existem para que
Em segredos você viva tudo outro vez...
A saudade será o fim,
Arrependimentos será perca de tempo,
Continuar vivendo serão as
Respostas...

 

O mundo poderia estar melhor
Se os seres humanos descobrissem
a maneira certa de viver.
Como pode uma "Mulher" ser chamada de mulher
Se já impediu uma luz de nascer?
Uma luz radiante
Cheio de Vida
Que iria nascer para amá-la
E chamá-la de Mãe.
Uma luz inocente
Que trazia sorrisos...
Mulher é aquela que nasce para dar luz,
Para ser Mãe...
A mulher nasce para fazer histórias;
Histórias onde existem luzes de vidas.
Como ter coragem de se desfazer de um "ANJO"
Como se fosse um simples objeto?
Um Anjinho lindo,
Que só queria Amor
E mostrar que sonhos podem ser reais
E que a Felicidade existe.
DURMA EM PAZ
TODOS OS ANJOS QUE NÃO
PUDERAM ENSINAR PARA AS
CHAMADAS "MULHERES"
O QUE É O
Verdadeiro Amor...

Culpas imaturas
Jogo de injustiças...
Adultos donos de ações covardes,
Inocentes sem culpas
Que são chamados de culpados;
Culpados pelos problemas
Pelas dores de cabeça.
Adultos que não sabem medir os gestos
Que faz da dor
Maior que o carinho e a compreensão,
Agem sem pensar
Sem sentir...
Como se inocentes merecessem as culpas
Como pode inocentes,
ainda Anjos,
A inocência do mundo,
Ter a culpa de existir...
Muitas vezes sua existência não é bem vinda
E seus olhos chorão
Ao ver o desamor e a falta de afeto entrelaçando seu coração.
Sangue do sangue
Semente de duas vidas...
Como esses adultos podem ser tão ignorantes?
Inocentes são chamados de culpados
E nada pode evitar a tal culpa.
São inofensivos demais,
Tão pequenos
Tão preciosos...
São Culpados Inocentes.

 

Milhões de pessoas
E um único desejo...
Ser feliz!
Pessoas risonhas, caladas, discretas, tímidas...
Pessoas que não tem medo de expôr o que sentem
Elas gritam, pulam, dão gargalhadas...
Outras choram, se emocionam facilmente...
Algumas se sentem tristes, sozinhas...
Cada rosto, cada olhar
Guardam mistérios de uma vida, feliz ou triste.
O olhar engana, tenta negar mas não consegue;
Esconde uma dor, um sofrimento...
Frágeis corações
Que se calam ao mundo...
Em cada movimento
Uma lembrança de um dia que se foi...
Um dia inesquecível,
Em que sorrisos ou lágrimas
Estavam presentes...
Pessoas que guardam no coração
Grandes sentimentos.
Pessoas humildes ou nobres
O coração sempre será
Um baú de mistérios...
Mistérios jamais desvendados;
Mistérios que nem com a força do tempo
São descobertos.

 

Num toque de mágica
O futuro está em um piscar de olhos...
Os segundos já não existem
E as horas nem deixam rastros.
O tempo vai levando as oportunidades
E você sem reações
Não sabe como agir...
Desejo imaginário
De uma Máquina do Tempo
Que possa nos levar aos nossos erros
E salvar aquelas oportunidades
Levadas pelo tempo...
Os sonhos fazem o papel desse transporte
Mas o encanto se acaba
Quando os olhos sentem as luzes do presente.
Já não adianta arrependimentos
E nem torturas por um dia que já se foi,
Seria perda de mais oportunidades
Se destruir por não ter o poder de
Criar sua própria Máquina do Tempo...
Se as horas passam
E os dias se vão
O que é o desejo de um tempo que
Já não existe mais?
O ocaso nos rende no presente
E a felicidade pode ser a oportunidade
Que perdemos por sermos crentes no passado,
E ignorantes
Do Agora.

 

 

A grande diferença entre os seres humanos
É que tem muitos que alimentam seu ego
De forma tão extravagante
Que os fazem sentir mestres do mundo.
Enquanto outros em silêncio esperam
O seu dia de glória.
Mal sabem todos
Que mesmo com tamanhas diferenças
Estamos no mesmo barco navegando
No mesmo mar para o mesmo fim...
Mas muitos se acham imortais,
Preferem sozinhos navegar.
A grande diferença é,
Que existe a prudência e a imprudência,
Mas quase todos os imprudentes se
Acham totalmente prudentes...
Não está em livros,
Está na visão certa do mundo,
Que existe uma grande diferença entre nós.
Pois enquanto alguns sonham,
Outros destroem sonhos.
Inteligência fútil
Daqueles que passam por cima
De qualquer razão do coração,
E põem ao pódio a desgraça de muitos
Que calados não conseguem fazer nada,
A não ser,
Esperar...

 

Por você,
Deixei aqueles que não acreditavam em mim me baterem,
E me fazerem carregar uma cruz.
Andei rastejando
Por tamanho cansaço e dor no corpo.
Deixei furarem minhas mãos e meus pés
Para a uma cruz pendurado ficar.
Colocaram-me uma coroa,
Não de ouro, mas de espinhos,
Que me fez calar de dor,
Sentindo meu sangue escorrer por meu rosto
E pelo resto do meu corpo.
Por você,
Fiquei na cruz sentindo meu corpo todo arder,
Sem raiva do que faziam comigo.
Por você,
Mesmo morrendo pedi ao Pai que concedeste perdão
Para aqueles que aqui ficassem.
Por você,
Na cruz morri.
Por você,
Ao terceiro dia ressuscitei
E subi aos céus para velar por ti.
Fiz de tudo por você,
E no entanto você nem se lembra disso.
Dei a minha vida por você
E você quer agora destruir a sua.
Por você,
Que estou a esperar,
Que um dia irei te abraçar
E me orgulhar do que fiz...

JESUS CRISTO DEU A VIDA POR VOCÊ,
E TODOS OS DIAS ESPERA TE ENCONTRAR.

 

Um belo dia de sol, Sr. Mário, um velho caminhoneiro
chega em casa todo orgulhoso e chama a sua esposa
para ver o lindo caminhão que comprara
depois de longos e árduos 20 anos de trabalho.
Era o primeiro que conseguia comprar
depois de tantos anos de sufoco e estrada.
A partir daquele dia, finalmente seria seu próprio patrão.
Ao chegar à porta de casa,
encontra seu filhinho de seis anos,
martelando alegremente a lataria do reluzente caminhão.
Irado e aos berros pergunta o que o filho estava fazendo e,
sem hesitar, completamente fora de si,
martela impiedosamente as mãos do garoto,
que se põe a chorar desesperadamente sem entender o que estava acontecendo.
A mulher do caminhoneiro corre em socorro do filho,
mas pouco pôde fazer.
Chorando junto ao filho,
consegue trazer o marido à realidade,
e juntos levam o garoto ao hospital para cuidar dos ferimentos provocados.
Passadas várias horas de cirurgia,
o médico desconsolado e bastante abatido,
chama os pais e informa que as dilacerações foram de tão grande extensão,
que todos os dedos da criança tiveram que ser amputados.
Porém, o menino era forte e resistia bem ao ato cirúrgico, devendo os pais aguardá-lo no quarto.
Ao acordar, o menino ainda sonolento
esboçou um sorriso e disse ao pai:
-Papai, me desculpe. Eu só queria consertar seu caminhão, como você me ensinou outro dia. Não fique bravo comigo.
O pai, enternecido e profundamente arrependido,
deu um forte abraço no filho e disse que aquilo não tinha mais importância.
Não estava bravo e sim arrependido de ter sido tão duro com ele
e que a lataria do caminhão não tinha estragado.
Então o garoto com os olhos radiantes perguntou:
- Quer dizer que não está mais bravo comigo?
- É claro que não! – respondeu o pai.
Ao que o menino pergunta:
- Se estou perdoado papai, quando meus dedinhos vão nascer de novo?

Nos momentos de raiva cega, machucamos as pessoas que mais amamos,
e muitas vezes não podemos “sarar” a ferida que deixamos.
Nos momentos de raiva, tente parar e pensar em suas atitudes,
a fim de evitar que os danos seja irreversíveis.
Não há nada pior que o arrependimento e a culpa.
Pense nisto!

 

Você vive num quarto escuro e fechado e diz estar aberto para o mundo.

Você diz que ninguém fala a verdade, no entanto, mente o tempo todo para você mesmo.

Fala que ninguém o deixa viver em paz, contudo, vive cheio de agressividade.

Você quer toda liberdade do mundo, porém, vive com medo de ser preso.

Você grita que é forte e que sabe o que faz, mas, receia a própria sombra.

Você pede para que lhe deixem voar, entretanto, vive fora do ar ou no fundo do poço.

Você vive dizendo que quer ganhar muito dinheiro, todavia, queima tudo o que você ganha e o que tem.

Você diz que precisa de uma chance, mas, joga todas as chances fora.

Você vive dizendo que quer ter amigos, no entanto, não percebe que é seu maior inimigo.

Você se diz muito esperto e que não leva desaforo para a casa, porém, aceita ser dotado por quem lhe escraviza.

Você quer um pedacinho do Céu e não percebe que faz da sua vida um completo inferno.

Você caminha a passos largos para a morte e diz que isso é vida.



DEPENDÊNCIA QUÍMICA SE COMBATE COM RAZÃO, AMOR E VERDADE.

 

O ser humano é o único
Ser racional criado por Deus,
No entanto é o único que
Não demonstra a forte inteligência vinda dos céus.
Se a ignorância humana,
Ao contrário,
Fosse usada como sabedoria sobre as coisas do mundo,
Não haveria motivos
Para presenciar tanta destruição e dor.
Um grande poeta já disse:
“O que sabemos é uma gota,
O que ignoramos é um oceano.”
O ser racional bem mais dotado
Que Deus pode criar,
Que por tolice se tornou o ser mais
Estúpido e ignorante...
Será que só perceberão isso quando
Não restar mais nada?
Como ser feliz,
Se ignorarmos o verdadeiro caminho
Que nos traz felicidade?
Como ser feliz
Se escolhemos um destino
Que não nos levará pra perto de Deus?
Ser feliz é enfrentar a sua ignorância e a do mundo,
Pois todos nós somos ignorantes,
E não gostamos de superar dores,
No entanto chegar aos céus
Sem sentir nenhuma dor
É impossível...

Esperei por um sorriso
que me deixasse alegre.
Esperei por um olhar
que me emocionasse.
Esperei...
E nessa espera passou-se
minha adolescência,
meus sonhos de criança...
Esperei por um toque nos lábios
que eternizasse um momento.
Esperei pelo dia certo para chorar de felicidade...
Mas vieram os dias
e apenas pude chorar do
sentimento avesso de ser feliz.
Esperei meus olhos amadurecerem
para ver o mundo de outra forma.
Esperei o conforto de braços alheios.
Esperei ouvir palavras encantadas,
mas fiquei aqui me abraçando sozinha,
e ouvindo apenas o tic-tac do relógio.
Esperei um dia para dizer que estou pronta,
pois feliz eu fui...
Mas esse dia que esperei,
não chegou,
apenas chegou a sensação que
a vida não é uma espera,
mas uma conseqüência do que
desejamos e merecemos.